Artigos do Autor

3 resultado(s) para: Rodrigo Guerra de Oliveira

Preservação do rebordo alveolar: uma revisão sistemática

Alveolar Ridge Preservation: A Systematic Review

Leonardo Moreira Sad; Joana Cardoso Valle Haddad; Daniele da Costa Lourenço; Mariana Silva Nunes; Leonardo Picinini; Rodrigo Guerra de Oliveira

.2017;5(5):1-6 : Artigos Originais

Resumo PDF PORT PDF ENGLISH
INTRODUÇÃO. Doença periodontal, patologia periapical e traumatismo mecânico frequentemente resultam em aumento da perda óssea antes da extração dentária. Além disso, a extração traumática é também associada à perda óssea adicional. OBJETIVO. Verificar por meio de uma revisão sistemática o efeito da preservação do rebordo alveolar comparado à cicatrização não assistida. MÉTODOS. Foram analisados os mais relevantes estudos publicados originalmente na língua inglesa, durante os últimos 5 anos (outubro de 2008 a setembro de 2012) , tendo como referência as bases de dados MEDLINE (National Library of Medicine). Objetivando selecionar os estudos de maior evidência científica, foram identificadas revisões anteriores, que tiveram seu escopo atualizado e revisado, além das revisões sistemáticas com ou sem meta-análise. A estratégia de busca utilizou as seguintes combinações de palavras-chave: bone preservation regeneration AND dental implant. RESULTADOS. Foram identificados 247 artigos. Contudo, após aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, 71 foram selecionados para revisão por pares. Os artigos selecionados, foram julgados por dois revisores independentes que, utilizaram como referência, os níveis de evidências sugeridos pelo PUBMED, sendo elegíveis para análise 17 artigos. CONCLUSÃO. Considerando a similaridade dos resultados encontrados na pesquisa, entende-se que há vantagens substanciais quanto à adoção das técnicas de preservação assistida em relação a não assistida.

Avaliação da quantidade de neo formação óssea em seios maxilares enxertados com Bio-Oss®: Uma revisão sistemática

Assessment of the quantity of neo-bone formation in maxillary sinus grafted with Biooss®: a systematic review

João Surerus de Oliveira Junior; Leonardo Santos Picinini; André Luiz Dias; Rodrigo Guerra de Oliveira

Rev Bras Cien Med Saúde.2010;1(1):71-78 : Artigos de Revisão

Resumo PDF PORT PDF ENGLISH
O objetivo desta revisão foi avaliar os estudos histomorfométricos que mensuraram a quantidade de neo formação óssea em seios maxilares enxertados com Bio-Oss® sozinho ou misturado a osso autógeno ou a outros aditivos para se definir, baseado nas evidencias, as quantidades médias de neo formação óssea de acordo com enxertos específicos e verificar qual é o protocolo ideal de utilização, caso seja possível. Materiais e Métodos: As bases de dados PUBMED e Biblioteca COCHRANE foram eleitas para a busca das evidencias, utilizando-se de MeSH terms e palavras de texto para criar um específico e sensível banco de dados. Dentro dos critérios de inclusão foram aceitos estudos que continham levantamento de seio maxilar com material xenógeno da marca comercial Bio-Oss® associados ou não a osso autógeno e que apresentassem avaliações histomorfométricas. Todos os níveis de evidencia foram inclusos devido ao numero limitado de estudos. Estudos envolvendo múltiplas intervenções, estudos somente com dados histológicos e resumos foram excluídos desta revisão. Resultados: Foram identificados 39 estudos envolvendo analises histomorfométricas em levantamento de seios maxilares utilizando-se materiais xenógenos misturados ou não a osso autógeno, escritos em língua inglesa e realizados em humanos. Contudo, a partir da aplicação dos critérios previamente definidos, apenas 19 estudos foram aceitos. Conclusão: Insuficiência de evidencias foram encontradas para se determinar estatisticamente uma quantidade média padrão de neo formação óssea, de acordo com os protocolos utilizados e as metodologias empregadas nos estudos. Ademais com as evidencias cientificas disponíveis, não se pode obter um protocolo ideal de utilização de Bio-Oss®.

Enxerto ósseo homólogo na reconstrução maxilar para reabilitação de paciente fissurado com implante dentário

Bone Allografts on Maxillary Reconstruction for Oral Rehabilitation with Dental Implants in Cleft Lip and Palate Patients

Plínio Campana e Souza, Mayra Mattos Gomes, Hugo Chaves de Oliveira, Mateus Antunes Ribeiro, Hugo Leite Rodrigues Neto, Rodrigo Guerra de Oliveira

.2017;5(5):1-5 : Artigos Originais

Resumo PDF PORT PDF ENGLISH
FUNDAMENTAÇÃO. A reabilitação oral de pacientes fissurados é um grande desafio a Odontologia devido às opções de reabilitação convencionais (próteses parciais fixas ou removíveis). OBJETIVO. Relatar um caso de um paciente fissurado submetido a procedimento de enxertia com osso homólogo para posterior reabilitação com implantes dentários. MÉTODOS. Homem, 24 anos, fissurado apresentou-se para reabilitação com implante osseointegrável. O paciente apresentava elementos decíduos 52 e 53 e agenesia do 12°, além de grave defeito ósseo maxilar na região da agenesia, contudo sem apresentar fístula oronasal (fenda pré-forame unilateral). Realizou-se esvaziamento do canal incisivo e preenchimento com osso liofilizado inorgânico GEN-OX® (BAUMER). RESULTADOS. O defeito maxilar foi preenchido com osso homólogo. O complexo enxertivo foi coberto por membrana de colágeno GEN-DERM® (BAUMER). CONCLUSÃO. Dentro das limitações desse estudo, pode-se concluir que os procedimentos de enxertia em pacientes fissurados apresentam grande taxa de sucesso cirúrgico, fornecendo bases fortes para uma reabilitação oral plena, dos pontos de vista funcional, estético e social, promovendo maior satisfação do paciente.

Logo GN1