Número: 1.1 - 7 Artigo(s)

Editorial

Editorial

Editorial

Djalma Rabelo Ricardo

Rev Bras Cien Med Saúde. 2010;1(1):2

PDF PORT PDF ENGLISH


Artigos de Revisão

Investigação da resposta inflamatória promovida pelos poluentes ambientais: partículas eliminadas na exaustão do diesel (PED) e 1,2-Naftoquinona (1,2-NQ) em vias aéreas de ratos pré-tratados com capsaicina

Investigation of the inflammatory response promoted by environmental pollutants: diesel exhaust particles (DEP) and 1,2-Naphthoquinone (1,2-NQ) in capsaicin-pretreated rat airways

Aila Mirtes Teles; Miguel Garray; Soraia K. P. Costa

Rev Bras Cien Med Saúde. 2010;1(1):7-11

Resumo PDF PORT PDF ENGLISH

Objetivo: Condições inflamatória como a asma estão associadas com a exposição de poluentes ambientais incluindo partículas de exaustão do diesel (PED) e o composto químico (1,2-naftoquinona [1,2-NQ]). Neste estudo nós examinamos a relação entre a inflamação neurogênica e a exposição da PED mais 1,2-NQ nas vias aéreas de ratos. Método: Ratos wistar (250-280 g) anestesiados com cetamina mais xilazina foram utilizados. Depois de 3h os ratos foram sacrificados e os brônquios removidos. Os níveis de RNAm de TNF-alfa (receptores TNFR1 e TNFR2), NOSi e NF-capaB foram determinados utilizando a técnica de RT-PCR em tempo real. Resultados: Injeção intra-traqueal (i.tr.) de PED (1 mg/kg) mais 1,2-NQ (35 nmol/kg) causou aumento da expressão gênica de TNF-alfa (e seus receptores TNFR1 e TNFR2), NOSi mas não de NF-capaB (n=3-5) em vias aéreas de ratos pré-tratados com capsaicina. Conclusão: Este estudo demonstrou que a inativação de fibras C pela capsaicina exacerba a resposta inflamatória aguda causada pela exposição dos poluentes PED mais 1,2-NQ em tecidos bronquiopulmonares, como indicado pelo aumento de pró-inflamatórias citocinas (ex.: TNF-alfa [como provável conseqüência de infiltração maçiça de neutrófilos) e expressão de NOSi sugerindo um papel protetor das fibras C em vias aéreas de ratos.


Palavras-chave: inflamação neurogênica, poluentes do ar, ratos, sistema respiratório.

Pneumonia associada à ventilação (PAVM) em UTI pediátrica: uma revisão integrativa

Ventilator-associated pneumonia (VAP) in the pediatric ICU: an integrative review

Simone Sleimon Costa Ventura; Juliana Pauletti

Rev Bras Cien Med Saúde. 2010;1(1):35-43

Resumo PDF PORT PDF ENGLISH

O presente artigo visa realizar uma revisão integrativa da literatura visando aumentar o conhecimento sobre o tema da pesquisa de modo a melhorar a assistência de enfermagem ao paciente pediátrico internado em UTI, acometido por PAVM, devido a causas nosocomiais. Para tanto foi realizada uma revisão integrativa da literatura buscando. Desse modo, o objetivo geral deste estudo foi avaliar de que maneira a literatura apresenta a PAVM em pacientes pediátricos internados em UTI, considerando verificar se existem protocolos ou diretrizes assistenciais nacionais neste âmbito. Neste cenário, cabe considerar que na revisão realizada, verificou-se serem poucos os estudos que citam pacientes pediátricos, o que demonstra que devem ser realizados mais estudos que possam trazer mais evidências e contribuir para a elaboração de protocolos e diretrizes direcionadas a população pediátrica, ajudando a diminuir estas altas taxas de infecção e mortalidade infantil.


Palavras-chave: pneumonia, ventilação artificial, ventilação mecânica.

Efeitos e sintomas da privação do exercício físico - revisão

Effects and symptoms of deprivation of physical exercise review

Hanna Karen Moreira Antunes; Felipe Lopes Terrão; Marco Túlio de Mello

Rev Bras Cien Med Saúde. 2010;1(1):53-61

Resumo PDF PORT PDF ENGLISH

Nosso objetivo foi revisar os efeitos e sintomas desenvolvidos durante a privação do exercício físico, principalmente em praticantes com dependência de exercício físico e com transtorno de imagem corporal, por meio de revisão sistemática. Foram utilizados artigos científicos disponíveis na base de dados do Pubmed, Scienc Direct, Cochrane, Ebsco Host, Ingenta Connect e Scopus, além de livros sobre o tema, sendo o período limitado de 1970 a 2009. Como critérios de inclusão foram utilizados trabalhos com na temática privação de exercício tanto em dependentes como em não-dependentes e estudos com essa metodologia. Assim, foram selecionados 63 trabalhos, sendo 4 livros e 59 artigos científicos. Os estudos encontrados demonstraram que a privação do exercício físico é um fator determinante para o surgimento de alterações negativas no dependente de exercício físico, tanto em um contexto fisiológico (tolerância, limiar de dor) quanto psicológico (ansiedade, depressão, irritabilidade). Além disso, há relatos de que o surgimento dessas alterações ocorre em ambos os gêneros e após 24-36 horas sem essa prática. Nessa linha de raciocínio, o Indivíduo com transtornos de imagem corporal também pode desenvolver alterações fisiológicas e psicológicas negativas semelhantes às desenvolvidas pelo dependente de exercício físico durante a privação, já que o exercício físico é utilizado pelo praticante com transtorno de imagem corporal para ganho ou perda de massa corporal na tentativa de amenizar a insatisfação com a própria aparência física. Como conclusão é possível afirmar que a privação do exercício físico colabora para o surgimento e desenvolvimento de variáveis fisiológicas e psicológicas negativas.


Palavras-chave: dependência (psicologia), exercício, imagem corporal.

Avaliação da quantidade de neo formação óssea em seios maxilares enxertados com Bio-Oss®: Uma revisão sistemática

Assessment of the quantity of neo-bone formation in maxillary sinus grafted with Biooss®: a systematic review

João Surerus de Oliveira Junior; Leonardo Santos Picinini; André Luiz Dias; Rodrigo Guerra de Oliveira

Rev Bras Cien Med Saúde. 2010;1(1):71-78

Resumo PDF PORT PDF ENGLISH

O objetivo desta revisão foi avaliar os estudos histomorfométricos que mensuraram a quantidade de neo formação óssea em seios maxilares enxertados com Bio-Oss® sozinho ou misturado a osso autógeno ou a outros aditivos para se definir, baseado nas evidencias, as quantidades médias de neo formação óssea de acordo com enxertos específicos e verificar qual é o protocolo ideal de utilização, caso seja possível. Materiais e Métodos: As bases de dados PUBMED e Biblioteca COCHRANE foram eleitas para a busca das evidencias, utilizando-se de MeSH terms e palavras de texto para criar um específico e sensível banco de dados. Dentro dos critérios de inclusão foram aceitos estudos que continham levantamento de seio maxilar com material xenógeno da marca comercial Bio-Oss® associados ou não a osso autógeno e que apresentassem avaliações histomorfométricas. Todos os níveis de evidencia foram inclusos devido ao numero limitado de estudos. Estudos envolvendo múltiplas intervenções, estudos somente com dados histológicos e resumos foram excluídos desta revisão. Resultados: Foram identificados 39 estudos envolvendo analises histomorfométricas em levantamento de seios maxilares utilizando-se materiais xenógenos misturados ou não a osso autógeno, escritos em língua inglesa e realizados em humanos. Contudo, a partir da aplicação dos critérios previamente definidos, apenas 19 estudos foram aceitos. Conclusão: Insuficiência de evidencias foram encontradas para se determinar estatisticamente uma quantidade média padrão de neo formação óssea, de acordo com os protocolos utilizados e as metodologias empregadas nos estudos. Ademais com as evidencias cientificas disponíveis, não se pode obter um protocolo ideal de utilização de Bio-Oss®.


Palavras-chave: histologia, materiais biocompatíveis, seio maxilar, substitutos ósseos.

Artigos Originais

O efeito de técnicas de terapias manuais nas disfunções craniomandibular

Effect of manual therapy techniques in craniomandibular dysfunctions

Gláucia Rocha da Silva; Priscila Rosa Martins; Karla Aquino Gomes; Taís Resende Di Mambro; Nathália de Souza Abreu

Rev Bras Cien Med Saúde. 2010;1(1):17-22

Resumo PDF PORT PDF ENGLISH

As técnicas de terapias manuais são amplamente utilizadas para o tratamento nas disfunções musculoesqueléticas, dentre elas, a técnica de Mulligan. Estas técnicas proporcionam muitos benefícios para os pacientes com disfunção craniomandibular (DCM) como, por exemplo, aumento da amplitude de movimento, relaxamento muscular e alívio da dor. Objetivos: Avaliar o efeito imediato da mobilização das vértebras cervicais na dor e na amplitude de movimento (ADM) da coluna cervical e da articulação têmporomandibular (ATM) nos pacientes com disfunção craniomandibular. Critérios de inclusão: Pacientes cadastrados na Clinica Escola de Fisioterapia que apresentem DCM. Pacientes que fizerem uso de analgésico e/ou relaxante muscular até 8 horas antes do procedimento de estudo e que apresentem hipermobilidade na região cervical ou na abertura da boca. Métodos: quatorze pacientes com DCM foram submetidos a uma avaliação da ADM da cervical e da abertura da boca e avaliação de dor na cervical e na ATM, antes e depois da mobilização vertebral da coluna cervical com a técnica Mulligan. Resultados: A amplitude de movimento aumentou significativamente para todos os movimentos, exceto para flexão. As variáveis dor e abertura da boca também melhoraram de forma significativa. Conclusão: a técnica Mulligan para mobilização cervical pode ser eficaz, a curto prazo, para aumentar a amplitude de movimento cervical e a abertura da boca e diminuir a dor na ATM e na coluna cervical.


Palavras-chave: cervicalgia, modalidades de fisioterapia, síndrome da disfunção da articulação temporomandibular.

Hiperlipidemia induzida por Triton WR-1339 (Tyloxapol) em ratos Wistar

Hyperlipidemia induced by Triton WR1339 (Tyloxapol) in Wistar rats

Luiz Carlos Bertges; Carlos Alberto Mourão Jr; Jonathan Batista Souza; Vinícius Antônio Coelho Cardoso

Rev Bras Cien Med Saúde. 2010;1(1):29-31

Resumo PDF PORT PDF ENGLISH

Relevância Farmacológica: Triton WR-1339 (Tyloxapol) tem sido utilizado por diversos estudos para induzir hipercolesterolemia em animais. Não foram encontrados, entretanto, trabalhos na literatura que esclareçam a qualidade e a durabilidade desse estado hipercolesterolêmico. Dessa forma, ao se estudar agentes hipocolesterolemiante em ratos, torna-se difícil determinar se a queda dos níveis de colesterol resultou do tratamento ou de sua metabolização ao longo dos dias. Objetivo Do Estudo: Determinar os níveis de colesterol em ratos Wistar ao longo dos 9 dias subseqüentes à aplicação do Tyloxapol. Materiais E Métodos: Amostras de sangue de 16 ratos foram coletadas através de punção da veia caudal e submetidas à dosagem de colesterol total. Posteriormente, foi administrada dose única de Tyloxapol na dose de 200mg/kg por via intraperitoneal. Novas amostras foram colhidas a cada três dias e também dosados os níveis de colesterol total. Resultados: Ocorreu um pico de ação da droga após 72 horas da aplicação, com queda dos níveis comparáveis aos basais após esse período. Conclusão: A indução de hipercolesterolemia pelo do Tyloxapol mostrou ser eficaz em ratos Wistar em até 72 horas da aplicação da droga, após esse período os resultados podem não refletir a ação de agentes hipocolesterolemiantes que utilizem esse modelo.


Palavras-chave: colesterol, hiperlipidemias, ratos wistar.

Logo GN1